sexta-feira, 30 de abril de 2010

Adventures

Depois da demissão sumária, sexta passada:

Segunda-feira fui almoçar sentindo calafrios de "liberdade". Passei o cartão de débito e...NÃO AUTORIZADO. Foi mal, pago depois e banco.
Extrato. BLOQUEIO JUDICIAL. Oi?
"Vá a primeira vara do sei lá o que."

Ao atendimento telefônico:
- Tem o número da Cda, do processo blábláblá, da Oe, da pqp?
- Não sei. não serve o do CPF, não?
- Não, tem que ser da Cda, do processo blábláblá, da Oe ou da pqp...
- E agora? Como é que eu vou saber disso?
- Tá, dá o número do CPF mesmo...

__________________________________________________________

No orgão credor:
- Pq vc não veio antes?
- Por que eu fico nervosa...
- É...sei...

*******

- Bloquearam sua conta? Por causa de mil reais?

********

- Esses dois mil reais cobrados aqui? Cagada do tribunal de justiça...

********

- Tem um processo seu na cidade de Marília.
- Como assim? eu liguei pra eles lá e pedi pra enviarem pra cá. Aliás, esse processo nem era da época em que eu morava naquelas bandas.
- E vc falou com eles?
- Falei
- Tsc,tsc,tsc...
- Viu, por que fico nervosa?

*********

- Você paga uma parcela e vai lá no tribunal de justiça protocolar uma petição.

______________________________________________________________

No tribunal de justiça:
(Atendente mascando chiclete e prestando muuuuita atenção...no celular.)

- Eu vim aqui protocolar uma petição.
- Ah tá. Fulano?

**********
- Bem, vc ou um advogado tem que digitar uma petição e encaminhar ao juiz.
- Legal, eu vou digitar. O que escrevo nela?
- Não posso dizer...
- ...

************
- Qual o número do processo?
- Sei lá, serve esse papelzinho?
Vai no computador, digita, digita, digita. Bate um papinho com a colega...
- Seu processo ainda não foi cadastrado.
- Não? Curioso que um juíz mandou bloquear a minha conta...como não estã cadastrado?
Vai no computador, digita, digita, digita. Bate um papinho com a colega...
Volta.
- Seu processo está na comarca da cidade de ...

Gargalhei. E é bom manter o bom humor porque essa merda só tá começando.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Os parafusos não são mais tão rígidos

Estou quase dormindo em cima do computador, o que é muito comum. Estou desenvolvendo ampla capacidade de desapego aos incômodos externos, ao cochilar no busão. No final de semana, durmo ao menos umas 10 horas seguidas. Em dia de semana, chega onze da noite, começa a me dar um faniquito, então, as noites são curtinhas. Sono sobra.
Estou aqui, faz uma semana, esperando a minha demissão por chegar atrasada todos os dias, sem exceção. Há 6 meses é assim e acho que a minha benevolente chefe percebeu algo de errado que vai além do trânsito. Hoje, mais uma vez, esperando o tal momento, quase desisti de vir. Algo como : "Vc e eu sabemos o que vai acontecer, vamos nos poupar de qualquer diálogo". Acordei atrasada e, como de costume, me atrasei novamente.
Porque simplesmente eu não consigo, ou não quero conseguir. Simplesmente acho estúpido todo mundo sair ao mesmo horário de casa pra fazer coisas que, hoje, a tecnologia permite fazer por acesso remoto. Aqui, temos exemplos de duas gerações distintas: a chefe, que é de uma geração onde o horário comercial funcionava e até assegurava alguns direitos dos trabalhadores e a minha, que vive no tempo de um aparente discurso de sustentabilidade, no qual esta dinâmica de se trabalhar não se encaixa. E o talento e criatividade de pequenos burgueses (sem panfletarismo) como eu, são completamente tolhidos quando emersos nesse quadro. Bem, o boy da contabilidade chegou, talvez seja a hora. Ainda hei de encontrar a alma penada do filho da puta que fragmentou o nosso tempo em três séries de oito horas.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Tenho a impressão de que o incerto, instável, nômade sempre exerceram atração fortíssima sobre mim. Um perigo. Agora que consegui a tão almejada estabilidade, estou a um passo de jogar tudo para o alto e começar de novo, em outro território. Sou fruto da cultura em que estou inserida, fragmentada e instantânea? Tenho transtorno bipolar? Sou uma rebelde bem comportada?